terça-feira, outubro 31, 2006

Outro continente!



Avizinha-se mais uma ausência desta vez num país irmão. Agradeço a todos os que me têm deixado saudações amigas aqui no alalong e peço que não me levem a mal por não ter respondido individualmente. Quando voltar espero estar menos pressionada e cá estarei.

Fica um beijo grande para todos !

fotos: ilha saona e vista de terra em punta cana 2005 - depois de várias...muitas tentativas lá conseguiram as fotos aparecer :( :) -

terça-feira, outubro 17, 2006

Vai às Docas!


estava eu calmamente na esplanada quando de repente me vem este flash..... será que quem vai às docas está de rastos?....LOL

Que a semana seja muito boa!

quinta-feira, outubro 12, 2006

O entardecer!


Bom meio e fim de semana !

foto: pôr do sol na beira baixa 2006

domingo, outubro 08, 2006

O anel!


É um simbolo ambivalente se por um lado liga por outro lado isola. Lembrará sempre a relação dialectica senhor-escravo.

Na China o anel é o simbolo do ciclo indefinido, sem solução de continuidade.

O orificio central do anel é o receptáculo ou o lugar de passagem da influencia celeste.

O anel simboliza no Cristianismo a união fiel, livremente aceite, ligada ao tempo e ao cosmos.

No plano esotérico o anel possui poderes mágicos, redução de um cinto que é o protector de locais que guardam um tesouro ou um segredo.

Daí que apoderar-se de um anel signifique abrir uma porta, entrar num castelo, numa caverna, no paraíso. Já o colocar o anel no próprio dedo ou de outrem é reservar para si ou aceitar o dom de outrem como um tesouro exclusivo ou reciproco.

Salomão segundo a lenda devia a sua sabedoria ao anel sendo por isso o simbolo do saber e de poder, representa um selo de fogo recebido do céu, que marca o seu dominio espiritual e material.

Há vários aneis famosos cujas simbologias variam.

O anel de Prometeu ou simbolo de submissão a Zeus, leva-nos à história deste heroi que foi libertado por Heracles que teve de aceitar conservar num dedo um anel de ferro no qual estava engastado um fragmento de pedra (lembrança da rocha e grilhões do caucaso onde esteve acorrentado).

O anel de Giges ou o poder da invisibilidade, sendo esta a origem da sua fortuna. A sua magia só funciona quando vira o engaste para a palma da mão. O que poderá significar que as verdadeiras forças estão em nós mesmos e que a invisibilidade que o anel dá é o afastamento em relação ao mundo exterior para se atingir ou encontrar as lições essenciais que provêm do mundo interior.
No entanto este é um simbolo bipolar se por um lado leva ao lado mais mistico da vida interior por outro lado por manipulações mágicas e perversas pode levar a vitórias criminosas e a um dominio tiranico.

O anel de Nibelungos era a garantia do seu poder. Na mão do homem simboliza o poder do homem sobre a natureza mas também escraviza o homem no turbilhão dos desejos e o leva às consequencias dolorosas que o exercício desse poder comporta.
O Homem que pensa que domina sente-se acorrentado , logo dominado, por este anel de ouro que o mantem preso a todas as ambições, torna-se portanto o simbolo da vontade de poder.

terça-feira, outubro 03, 2006

Para os amigos!

Hoje fica um presente especial para as aves amigas da blogosfera....vamos ver se gostam;)!



Para todos os outros amigos cá está um bichinho muito especial que passa a vida dormindo...devido à alimentação.

As folhas de eucalipto têm na sua composição um elemento que provoca sono e letargia e as proteinas das folhas são em pequena quantidade, dai estes koalas dormirem até 20h por dia ( só se alimentam de noite).

O featherdale park está perto das Blue Mountains, cujo nome deriva da coloração azulada que tem quando observadas à distancia e que é originada pela libertação dos oleos volateis das folhas do eucalipto.


fotos: featherdale park, Australia 99

domingo, outubro 01, 2006

Nos antipodas !


Nos antipodas é assim :) .... cisnes negros!

(Foto:Australia,1999)