quinta-feira, novembro 23, 2006

O avião!


Depois daquelas coisas terrenas e mesquinhas nada como o simbolismo do avião para nos fazer ascender aos céus.

Nos sonhos modernos os aviões e os automóveis substituem os animais fabulosos e os monstros dos tempos antigos (Jung).

Se o automóvel significa a evolução em marcha e suas peripécias o avião acrescenta-lhe a levitação.

O avião já não é um cavalo mas Pégaso, pertence ao ar e materializa uma força deste elemento, simboliza o dominio das ideias , do pensamento do espirito.

O avião é também assimilado ao dragão ou aos raios de Zeus.

O sonhador pode estar dentro do avião ou observa-lo da terra, no primeiro caso o homem liberta-se da gravidade que o amarra à terra, no segundo caso adquire o aspecto quase mágico das forças que vêm do além, evocando os poderes cósmicos do inconsciente colectivo face aos quais o eu consciente mede a sua impotência.

Quando o sonhador esta dentro do avião o avião adquire o simbolismo individual de independencia. O manejo do avião adquire aqui a semelhança com o comportamento na vida e pode ser comparado a uma grande aventura iniciática.

Falta de combustivel pode indiciar diminuição da libido ou uma atonia psiquica ;).

Um avião que não descola por excesso de bagagem significa impedimento, obstrução psiquiíca e impede o processo de voar, soit disant, temos que deitar fora lastro para nos podermos elevar.

Dois aviões que chocam no ar significam pensamentos ou tendências contraditórias internas que se dilaceram e produzem sofrimento psicológico.

Bombardeamento aéreo significa o inconsciente negligenciado que ataca, afim de que se tenha em conta o seu poder e simboliza as tendências do inconsciente para se libertarem das pressões do meio... em suma uma vontade de libertação.

Um dia bom!

terça-feira, novembro 21, 2006

Será esta a praia do futuro?????


Será???

Um domingo na popular praia do futuro de fortaleza é apenas uma amalgama de gente em que banhistas e seguranças se misturam.

Impressionou-me os seguranças que pareciam publicitar os diversos meios de locomoção....cavalos, motoquatro , jeeps e ainda torres de vigia.

Claro que não falta também vendedores de tudo e de nada e a comida que vem em magotes.

Alias nesta praia vem tudo em magotes... gente, seguranças, vendedores e ondas.

Aspecto positivo: o sol a temperatura da água e a areia....e claro as caipirinhas!!!

Classificação final: 6/20 valores

sábado, novembro 18, 2006

Fortaleza: a cidade do contraste

O bafo quente invadiu-me à chegada, soube-me bem , como sempre acontece quando chego a um país com clima tropical.


A cidade de Fortaleza tem uma mistura agradável entre o estilo colonial e o moderno que se interpenetra com o mar e o calor.



A cidade colonial antiga tem sido submetida a alguns restauros trazendo ao lume algumas das preciosidades do inicio do século XX.


O teatro José de Allencar é um destes casos, no seu estilo art -nouveau, tem em palco espectáculos musicais infantis.


O aspecto típico da América do Sul ainda se mantem visivel nestas imagens cheias de publicidade colorida:),






Como curiosidade deixo esta campanha anti-lixo colocada numa das praças principais que é simplesmente soberba.


Desejos de um bom fim de semana!

segunda-feira, novembro 13, 2006

Fortaleza!


Cheguei de Fortaleza!

A fortaleza é quase o simbolo universal do refúgio interior do homem, da caverna do coração, do lugar privilegiado da comunicação entre a alma e a divindidade (Chevalier).

Para os cristãos( eg nos Salmos 46 e 59) Deus é comparado a uma fortaleza.

Os Arabes chamam borj (fortaleza) às constelações zodiacais na medida em que colocam a alma ao abrigo da perdição.

No Bhagavad-Gita faz da fortaleza das 9 portas uma imagem do corpo de iogui, fechado a percepções e às ligações exteriores e que protege a concentração interior do espirito.

Para os taoitas no tratado Flor de ouro é recomendado que se fortifique o castelo primordial que é o lugar do Sing, do espirito, da propria natureza em terminologia zen.

Uma semana feliz quiça fortificada :);)!

foto: Fortaleza por do sol tirado Seara Hotel, dia 1 de novembro 06